domingo, 16 de setembro de 2012

Eu fui! [à Manifestação de hoje. Ao Rock in Rio não]

Não acho que a Troika se deva lixar, afinal eles provavelmente são a única razão por que ainda recebo um salário mensalmente. Não acho também que se lhes deva ficar a dever um cêntimo, e por isso a tão falada austeridade tem que acontecer. Mas acho que já chega de medidas atrás de medidas das mais fáceis, sem que vejamos todos a participar da mesma maneira. Consigo apontar já aqui uma data de erros financeiros parvos que este Governo está a cometer. E isso é muito grave, dada a minha formação nula em Economia.

Se estivessemos a trabalhar TODOS de forma equivalente para um bem comum, eu aceitava tudo, desde que se salvaguardasse a dignidade. Juro que não me importava que me reduzissem o salário para que os que a meio do mês já contam os cêntimos para comer tivessem hipótese de ter um SNS acessível. É que para este governo a definição de riqueza varia substancialmente conforme estejamos a falar de todos os que estão envolvidos com partidos políticos, e o "povo" e tenho a certeza que as isenção não estão justamente distribuídas. Mas tenho-me concentrado nas compras de carros, nas contratações de "especialistas" de 20 e poucos anos para acessores (porque são namorados das primas dos sobrinhos do senhor que cola cartazes desde os 9 anos), nas ajudas de custo, nas regalias, nos aumentos de rendimentos e etc's dessa gentinha-nulidade que vai brincando aos países porque os deixamos.

De momento, todos os que estão envolvidos nas máquinas partidárias e têm o seu poleiro (TODOS) me agoniam, porque todos têm o seu grau de culpa, maior ou menor. [E estou em crer que é algo relacionado com o chico-espertismo português... confesso que por vezes penso no que os pequenos fariam com o poder que os grandes têm, se lhes fosse permitido... ] Mas como esta é uma conversa totalmente diferente, e hoje é dia de rejubilarmos com  a nossa união (não contava com tanta gente nas ruas) e com o exemplo que demos ao mundo com uma manifestação tão ordeira, fico por aqui, e aguardo com muita expectativa os eventuais frutos que daqui possamos colher.

E como sabem, não sou grande fã de futebol, e por isso poupo estes comentários para outros contextos, por isso agora aqui vai: FORÇA PORTUGAL!


10 comentários:

  1. Eu não sou contra o pagamento da dívida, sou é contra os cortes sempre aos mesmos. Cortem no monstro que é o estado.

    ResponderEliminar
  2. Como deves ter lido no post, concordo plenamente contigo ;)

    ResponderEliminar
  3. Eu sei, eu sei, estava só a concordar contigo. Não concordo com o A troika que se lixe. Se temo uma dúvida, temos de a pagar. Temos é de saber onde cortar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é na parte de "onde cortar" que acho que o governo esta a falhar redondamente...

      Eliminar
  4. Pois eu acho que depois da grande manifestação, vai tudo ficar na mesma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É possível. Mas uma mudança já houve: unimo-nos! Já não é nada pouco...

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Obrigada pela recomendação:) Beijinhos.

      Eliminar